Home > Botânica > Taxonomia Vegetal > Reino Plantae > Briófitas > Divisão Hepatophyta > Hepáticas talosas  
  Botânica
  Fotos
  Manuais
  Especiais
 

Hepáticas Talosas

Grupo pertencente à Divisão Hepatophyta.

Aspecto do talo de Marchantia

 

- Apresentam o corpo achatado dorsiventralmente.
- O talo é diferenciado em uma porção dorsal fina (adaxial) rica em clorofila e uma porção mais ventral (abaxial) espessa, incolor, especializada em armazenamento.
- Porção abaxial forma escamas e rizóides.
- Porção adaxial é dividida em regiões, que correspondem a câmaras aeríferas, cada uma com um poro para trocas gasosas (diferentes de estômatos).
- Gênero mais comum é Marchantia, que ocorre no mundo todo, em regiões úmidas. No Brasil, típico de Mata Atlântica.
- Seu gametófito apresenta ramificação do tipo dicotômica, com poucos centímetros de comprimento.
- Gametófitos são monóicos (femininos e masculinos) e podem ser facilmente diferenciados pelas estruturas que carregam:
1- anterídios nascem de hastes com cabeça em forma de disco (anteridióforos).
2- arquegônios se formam em hastes com cabeça em forma de guarda-chuva (arquegonióforos). Os esporófitos formam-se sobre esta estrutura.

1. anterídio (Marchantia)
2. arquegônio (Marchantia)

O gametófito apresenta gemas (os conceptáculos, estruturas em forma de cálice) que são liberadas pela água da chuva e podem desenvolver novos gametófitos geneticamente idênticos à planta que lhe deu origem.
- Reprodução assexuada também pode ocorrer por meio de fragmentação.
- Presença de elatérios.

Talo de Marchantia, com anterídios e arquegônios.

 


 

   Termos de uso | Links | A equipe | Contato | |